Andressa

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Lição 18 - JESUS CURA UM FILHO DE UM OFICIAL

Lição 18 - Jesus cura o filho de um oficial

Texto Bíblico: João 4: 46-53

Versículo: “Sem fé é impossível agradar a Deus”. Hebreus 11.6

Alvo: Levar a criança a viver pela fé em Jesus.

Quebra-gelo: Forme um circulo com as crianças. Coloque no meio do circulo uma cadeira, um ventilador, e uma pessoa vestida de grávida. Diga para as crianças que uma pessoa muito especial está sentada na cadeira. Pergunte a elas se sabem que é? Elas provavelmente irão responder é Jesus! Pergunte se elas estão vendo Jesus sentado na cadeira? Ligue o ventilador e peça cada uma delas tentar pegar o vento. Pergunte se elas estão vendo o vento. Direcione-se a pessoa grávida e pergunte se elas estão vendo o bebê na barriga da mãe, e se sabem dizer o sexo da criança.

Moral: Mostre para as crianças que nós não podemos ver o vento, mas podemos sentir a sua brisa suave. Uma mulher grávida, não pode ver o seu filho ainda na barriga, mas pode senti-lo.

Por fim explique para as crianças que não podemos ver Jesus, mas podemos senti-lo e tocá-lo pela fé. E que chegará o dia, em que nós não somente sentiremos a presença de Jesus, mas poderemos vê-lo com os nossos olhos e adorá-lo para sempre. Obs. Devemos crer em Jesus pela fé.

Introdução

Imagine como seria morar em uma mansão. (discuta brevemente)

Quando Jesus morava na terra, havia uma casa muito bonita na cidade de Cafarnaum. Ela talvez tivesse uma vista linda das águas azuis do mar das Galiléia. O dono da casa era chamado de nobre, porque era um dos oficiais do rei. Ele provavelmente tinha muitos empregados e sua família possuía tudo o que queria.

Contando a História

O povoado de Caná ficava bem distante da casa do oficial. As notícias de que Jesus se achava ali se espalhou rapidamente pela região. As novidades chegaram à casa do oficial em Cafarnaum.

A Bíblia diz que o oficial tinha um filho quase morrendo. Embora o oficial fosse um homem importante, os médicos não puderam ajudar seu filho. Não havia aparentemente cura para a sua doença. Imagine a tristeza profunda que a família deve ter sentido! Toda esperança parecia perdida.

O oficial sabia sobre Jesus e Seu poder para realizar milagres. “Você acha que Jesus poderia vir e curar nosso filho?” a mulher do oficial deve ter perguntado.

O oficial saiu de sua linda casa e se apressou pela estrada pedregosa até Caná. Ele sabia que cada minuto que passava seu filho poderia estar morrendo. Depois de muitas horas de viajem o oficial chegou a Caná. Ao chegar encontrou Jesus num grande grupo de pessoas. Ele se aproximou com coragem, sabendo que Jesus era sua única esperança. “Por favor” pediu ele a Jesus “venha comigo até Cafarnaum e cure meu filho que está morrendo!” Jesus olhou para o homem. Em todo o lugar aonde ia, muitas pessoas se aproximavam dEle. Algumas estavam realmente desesperadas pela sua ajuda. Outras simplesmente desejavam ver um milagre.

“vocês não acreditarão em mim a não ser que vejam milagres”, disse Jesus.

Será que ele não teve pena do oficial que estava tão preocupado? Não se importava com o filho do homem que estava à beira da morte?

Sim, Jesus se importava! Ele só queria que o homem tivesse fé, acreditasse realmente que Ele era o filho de Deus. O oficial estava desesperado. “Senhor,” suplicou, “peço que venha antes de meu filho morrer!” Jesus reconheceu a fé que o homem tinha nEle. “Pode ir para casa”, Jesus disse a ele,” Seu filho vai viver”.

A Bíblia diz que o Homem confiou em Jesus e foi embora. Ele não insistiu para que Jesus o acompanhasse. Creu simplesmente que a palavra de Jesus era verdadeira. Ele teve fé em Jesus. O oficial andou cerca de um dia até chegar a Cafarnaum. Ao chegar à sua cidade, o oficial encontrou seus servos indo ao seu encontro. Eles disseram ao oficial: “Seu filho estava vivo e curado!” “Quando ele melhorou?” perguntou o oficial. Ontem responderam os empregados. “perto da sétima hora.” Foi ontem exatamente nessa hora que eu falei com Jesus! Pensou ele. Ao chegar em casa o oficial, encontrou o filho vivo e curado. Houve grande alegria na casa do oficial naquele dia. Ele deve ter contado a todos sobre sua conversa com o Senhor Jesus. Deve ter contado como Jesus, o Deus Poderoso, curou seu filho, só com suas palavras! A Bíblia diz que todos na casa do oficial creram. Eles não só sabiam sobre Jesus, como colocaram a sua fé no Senhor Jesus como Deus Filho, seu Salvador.

Aplicação: Você já teve fé e aceitou Jesus como seu Salvador. Você sabe que ele perdoou o seu pecado você já pertence a ele. Mas isso foi só o começo! Deus quer que você continue a viver pela fé. Ele quer que você confie nele todos os dias. A Bíblia contém muitas promessas para aqueles que pertencem a Deus. Ele quer que você dependa de cada uma dessas promessas. Isso é o que chama viver pela fé. Você deve Ter fé em todas as situações por mais difícil que pareça. Quando alguém querido esta doente, quando papai e a mamãe estão brigando, se você ou alguém estiver em dificuldade. Pode Ter fé de que Deus está no controle de tudo o que acontece com você. Não esqueça Deus quer que você confie nEle! Ele quer que você viva pela fé. (termine com uma oração, pedindo a Deus que ajude as crianças a viverem pela fé.)

Hora de conversar

Quem estava muito doente na cidade de Cafarnaum?

O que o oficial fez quando ouviu falar que Jesus estava em Caná?

O que Jesus mandou que o oficial fizesse?

Como o oficial mostrou que tinha fé em Jesus?

De acordo com o nosso versículo a memorizar porque você precisa ter fé?

O que aconteceu na casa do oficial, como resultado da cura?

Você tem algum problema difícil e precisa da ajuda de Jesus? Qual?

Hora de Brincar: Faça uma cópia e corte as referências dos versículos abaixo. Coloque-as de cabeça para baixo em uma mesa. Peça para uma criança de cada vez escolher a referência e tentar encontrar o versículo na Bíblia. Ensine a criança a encontrar o versículo. Se ela já souber, deixe que ensine ás outras como encontrá-lo. Peça para a criança ler o versículo em voz alta e repetir a promessa bíblica. Discuta a promessa e peça para as crianças pensarem numa situação em que precisariam confiar nela. Continue enquanto houver interesse e o tempo permitir.

Referências: Isaías 41:10, Filipenses 4:6-7, Jeremias 31:3, Romanos 8:39, Hebreus 13:6, Filipenses 4:19, Mateus 7:7, Romanos 8:28.

Nenhum comentário:

Postar um comentário