Andressa

sábado, 31 de outubro de 2009

Lição para célula de Juvenis

Lição 1 A vocação para anunciar Jesus

Texto bíblico: Isaias 6: 1-8

Alvo da lição: Estimular o juvenil a ser instrumento para a salvação, andando em santidade e responder com prontidão ao desafio de evangelização.

Quebra- gelo: Comece uma história que aconteceu com você quando criança. Passe a oportunidade para um juvenil continuar a história do ponto em que você parou. O próximo juvenil deverá continuar a mesma história do ponto em que o outro parou. Todos os juvenis deverão participar. No final conte a história da maneira que realmente aconteceu. Moral: Quem conta um conto aumenta um ponto. A Bíblia diz que devemos ter o mesmo parecer em todas as coisas.

Palavra Radical (Líder leia o texto e explique com suas próprias palavras)

Pontos para serem comentados sobre o texto:

No ano em que morreu o rei Uzias.

Esse ano foi aproximadamente 740 anos antes de Cristo vir ao mundo. Isaias já profetizava antes, mas agora ele teve uma visão de Deus, foi purificado e recebeu uma chamada especifica de Deus para pregar a sua palavra a um povo cego, surdo e insensível.

Isaias vê ao Senhor.

Isaias por esta visão do Senhor teve uma compreensão correta acerca da sua mensagem e chamado com profeta. Deus revelou a ele através daquela visão Sua glória, majestade e Santidade. Deus requer que aqueles que a Ele servem, também sejam santos (separados das coisas do mundo).

de mim!

Isaias, ao contemplar a Santidade de Deus, imediatamente reconheceu suas próprias falhas e impureza. Pois em suas profecias ele dizia: “Ai do povo!” Quando ele viu a face de Deus reconheceu que era tão falho quanto ao povo. Deus então purificou os seus lábios e coração e o tornou apto a permanecer na sua presença como servo e profeta de Israel.

A quem enviarei?

Só depois de ser purificado é que Isaias foi designado profeta. Esse trecho nos faz lembrar que Jesus nos designou para irmos por todo o mundo e pregar o evangelho a toda criatura. Há milhares de pessoas que não conhecem Jesus nem o aceitaram como Salvador. Se essa ordem se apoderar de nosso coração, iremos responder da mesma maneira que Isaias: “Eis-me aqui, envia-me a mim”.

Conclusão: Da mesma maneira que Isaias após ter visto ao Senhor reconheceu as suas falhas e foi purificado, deixando de lado todo o pecado que o separava de Deus. E só assim percebeu que estava apto a ser enviado e aceitou a ordem de Deus respondendo com prontidão. Após termos um encontro com Deus, também devemos, reconhecer nossas falhas, andar em santidade e dizer a Ele: “Eis-me aqui, envia-me a mim”.

Atividade para a sala de aula

Separe a classe em quatro grupos os deixem compartilharem entre si sobre o que aprenderam sobre Isaias e os pontos que acharam mais forte na história. Depois os deixem compartilharem com a classe um grupo de cada vez.

Compartilhando na célula
Nos tempos do profeta Jonas única maneira para levar a Palavra de Deus era a voz, para isso o profeta deveria ir de cidade em cidade anunciando o arrependimento entre o povo. Hoje temos muitos recursos.
Qual a maneira que você usaria para anunciar a Palavra de Deus para as pessoas hoje?

Distribuindo as tarefas
Distribua as tarefas para os juvenis e anote os nomes no relatório.
Lição 102 – Orando de acordo com a vontade de Deus
Texto bíblico:
Mateus 6.9
Alvo: Levar as crianças a crerem que a verdade de Deus é o melhor para nós.
Versículo a ser decorado: E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus. (Romanos 12.2)
Quebra- gelo: Era uma vez um homem eu reclamava de tudo o que Deus tinha feito na natureza. Ele sempre dizia que se ele a tivesse feito, teria feito de um jeito diferente. Ele achava que se tivéssemos apenas um olho seria melhor, pois quando precisássemos usar óculos, ficaria mais barato. O nariz, ele dizia que deveria ficar embaixo dos lábios, pois achava que não precisaríamos sentir o cheiro de tudo o que comemos.
Um dia, ele viu um pé de melancia, que cresce rasteiro no chão e logo disse:
- Ora, um pé de melancia deveria ser uma arvore alta e forte para poder suportar o peso destas enormes frutas.
Logo a frente ele viu um pé de jabuticaba, carregadinho de fruta, e logo reclamou:
- para quê uma arvore deste tamanho carregando frutinhas tão pequenas? As melancias é que deveriam estar penduradas aí.
Então, como já era o finalzinho da tarde, e ele estava muito cansado de caminhar por aqueles arredores, resolveu deitar-se bem de baixo do pé de jabuticaba para descansar, e logo adormeceu. De repente, ele acordou e deu um salto gritando desesperado de tanta dor no nariz. Aconteceu que, enquanto ele dormia, uma jabuticaba gorducha havia caído bem em cima de seu nariz. Então subitamente, ele parou e disse:
- Ai, meu Deus, e se fosse uma melancia?!
Finalmente concluiu:
- Sabe de uma coisa? Na verdade, tudo o que Deus fez está bom e a vontade Dele sempre será o melhor para mim!

Contando Histórias
Quando vocês orarem, não sejam hipócritas (fingidos). Eles gostam de orar de pé, nas sinagogas e nas esquinas das ruas, para serem vistos pelos outros. Mas o Senhor nos afirma que, na verdade eles já receberam sua recompensa.
Mas você quando orar vai para o seu quarto, feche a porta e ore ao seu pai, que não pode ser visto. E o seu pai, que vê o que você faz em segredo, lhe dará a recompensa.
Nas suas orações, não fiquem repetindo o que vocês já disseram como fazem os pagãos. Eles pensam que Deus os ouvirá porque fazem orações compridas. Não sejam como eles, pois, antes de vocês pedirem, o Pai já sabe do que vocês precisam.
Portanto, vós orareis assim:
Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu reino: faça-se a tua vontade, assim na terra como no céu; o pão nosso de cada dia dá-nos hoje; e perdoa-nos as nossas dividas assim como nós temos perdoado aos nossos devedores; e não nos deixe cair em tentação; mas livra-nos do mal. Pois teu é o reino, o poder e a glória para sempre. Amém!

Aplicação
Orar de acordo com a vontade de Deus é:

A – orar de acordo com a sua palavra aquilo que está escrito na Bíblia!A oração do Pai Nosso foi ensinada por Jesus. Ele estava nos mostrando uma maneira correta de orar. Por isso, a maneira como essa oração começa é muito importante. Veja:
Primeiro, oramos ao Pai. Deus é o nosso pai!
Segundo, devemos começar exaltando o nome do nosso Deus: Santificado é o teu nome!
Terceiro, Jesus nos ensinou a orar para que a vontade de Deus fosse feita e não a nossa: Seja feita a sua vontade.

Sabe por que Ele disse que devemos orar assim?

Porque a vontade de Deus é perfeita, ou seja, Ele nunca erra. Mas nós erramos porque muitas vezes achamos que algo seja muito bom e depois acabamos nos arrependendo das nossas escolhas.
Deus jamais erra! Ele é Onisciente! Isso significa que Ele conhece todas as coisas. Por isso, quando Ele escolhe alguma coisa pra você, é porque Ele tem certeza de que é o melhor!
Você precisa aprender a orar de acordo com a Bíblia, pois tudo o que Deus escreveu nela é o melhor para nós.

B – É aprender a ouvir não!
Muitas pessoas acham que Deus só diz sim. Isso não é verdade! Pois Deus sabe muito bem o que é o melhor para nós. Às vezes, a vontade que você tem é que Deus castigue aquele colega que o maltratou na escola. Você acha que Deus pode responder como um “sim” esse tipo de oração? É claro que não. Assim também existem outros tipos de oração de não estão de acordo com o coração de Deus; por isso você precisa aprender a ouvir “não”, pois pode ser que algum dia Deus diga “não” para você também. Mas não se preocupe e nem fique chateado. Dê graças a Deus porque a vontade de Deus é boa! E também perfeita! Para você.

Hora de conversar
Porque Deus não responde todas as orações?
Porque a Bíblia diz que a vontade de Deus é boa e perfeita?
Como Jesus nos ensinou a orar na oração de Pai Nosso?

Hora de brincar: Brincadeira a escolha do líder.

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Adoração das crianças no Kids Fest 2009

video

Certamente este foi uns dos momentos mais marcantes da Kids Fest 2009. Foi emocionante ver centenas de crianças adorando a Jesus em espírito e verdade.

Lição 101 Vitamina Espiritual: Confessar Pecados
Texto bíblico: Lucas 18. 10
Versículo para memorizar: “Se confessarmos os nossos o nosso pecado, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça”. 1 João 1.9
Quebra- gelo: Quem já ficou doente alguma vez? (deixe que respondam que tipo de doença)
Que tipo de remédio você tomou?
Introdução: Hoje iremos falar de uma doença muito seria. Ela é tão seria que até separa você de Deus, e ainda impede que ele ouça a suas orações. Mas vamos falar de uma vitamina Especial, um remédio maravilhoso que, se você quiser, poderá tomar e ficar sarado.

Contando a História

Dois homens foram ao templo para orar. Um era fariseu e o outro, cobrador de impostos. O fariseu ficou de pé e orou sozinho assim:
- Ó Deus, eu te agradeço porque não sou avarento, nem desonesto, nem imoral como as outras pessoas. Agradeço- te também porque não sou como este cobrador de impostos. Jejuo duas vezes por semana e te dou a décima parte de tudo que ganho. Mas o cobrador de impostos ficou de longe e nem levantava o rosto para o céu. Batia no peito e dizia:
- Ó Deus, tem pena de mim, pois sou pecador!
E Jesus terminou dizendo:
- Eu afirmo a vocês que foi este homem, e não o outro, que voltou para casa em paz com Deus. Porque quem se engrandece será humilhado, e quem se humilha será engrandecido.

Aplicação
a) Quando não confessamos os nossos pecados, eles ficam guardados dentro do nosso coração.
Você sabia que a única coisa que pode nos separar de Deus é o pecado? A Palavra de Deus nos diz em Isaias 59.2 que são os seus pecados que fazem separação entre você e Deus. Se o pecado nos separa de Deus então ele pode impedir a nossa oração. Deus sempre vê o nosso coração assim como Ele viu o coração do fariseu e do publicano.

b) Precisamos confessar os nossos pecados para que não haja impedimento em nossas orações.
O publicano agiu totalmente diferente do fariseu. Em nenhum momento, ele achava que era alguma coisa. Pelo contrário ele sequer levantou a cabeça ao céu, de tanta vergonha que estava por causa do seu pecado.
Você precisa saber que o pecado é algo sujo, pois ele te coloca longe de Deus. Isso machuca profundamente o coração de Deus, pois Ele não quer que estejamos longe dEle. Precisamos confessar os nossos pecados com o coração sincero. Somente quando confessamos é que o Senhor nos perdoa. Confessar os pecados é reconhecer que fizemos ou sentimos que o Senhor não aprova. Às vezes bate aquela vergonha antes de orar. Mas isso é bom, porque é um sinal que você está arrependido.
A Bíblia diz que somente o publicano foi para a casa com o coração em paz. Quando confessamos os nossos pecados, o próprio Deus se encarrega de tirar todo o peso do nosso coração. E, se tiramos do nosso caminho o que nos afasta de Deus, podemos ter certeza que teremos as nossas orações respondidas.

Hora de conversar
Quem eram as duas pessoas que estavam orando?
Qual foi a atitude do publicano?
Qual foi a atitude do fariseu?
Qual é a única coisa que pode nos separar de Deus?
Você tem o habito de confessar pecado todos os dias, ou só de vez em quando?
Você já teve a experiência de se sentir aliviado depois de confessar pecado?

Hora de brincar
Material: Cartões com os versículos e um dado.
Escreva em pequenos cartões os versículos bíblico de: II Cronicas 6. 36; Salmo 38. 18; Salmo 119. 11; João 1. 29; Romanos 6. 23; Romanos 3.23; Romanos 3.14; I João 3.9; 1 João 1.8; 1 João 1.9. (faça dois cartões com cada referencia). Numere os cartões com números de um a seis e distribua para as crianças. Jogue o dado, as crianças que estiverem com o cartão com o numero do dado deverá ler o versículo. (Líder ajude as crianças que não souberem ler).

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Lição 100 – Quando eu oro, eu me torno como Jesus.

Texto bíblico: Atos 2. 1- 41
Alvo: As crianças aprenderão que ser como Jesus é expressar a vida de Deus! Versículo a ser decorado: Logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim! (Gálatas 2.20) Quebra o Gelo: Coloque um pequeno espelho no fundo de uma caixa de sapato. Do lado de fora, cole as palavras: FORTE, CORAJOSO E CHEIO DE FÉ. Quem aqui já viu o rosto de Jesus? Qual é a aparência Dele?
Nós conhecemos algumas características do Senhor: Ele é forte, corajoso e cheio de fé, mas com quem Ele se parece?
Dentro desta caixa eu tenho uma foto do Senhor Jesus. Quem gostaria de ver?
Então eu mostrarei a cada um de vocês, mas apenas com uma condição: aquele que já viu não poderá fazer nenhum comentário para os outros que ainda não viram, combinado?
Façam fila e olhem um de cada vez, em silêncio, até que o último também veja.
Conclusão: Deus fez você parecido com Jesus! E, quanto mais você ora, mais você se torna semelhante a Ele. Esta semelhança não será somente por fora, mas também por dentro. Quando você ora, você se torna como Jesus: Forte, Corajoso e Cheio de Fé!

Contando a História
Quando chegou o dia de Pentecostes, todos os seguidores de Jesus estavam reunidos no mesmo lugar. De repente, veio do céu um barulho que parecia o de um vento soprando muito forte e encheu toda a casa onde eles estavam sentados. Então, todos viram coisas parecidas com chamas, que se espalharam como línguas de fogo; e cada pessoa foi tocada por uma destas línguas. Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas, de acordo com o poder que o Espírito dava a cada pessoa.
Estavam morando ali, em Jerusalém, judeus religiosos, vindos de todas as nações do mundo. Quando ouviram aquele barulho, uma multidão se ajuntou, e todos ficaram muito admirados, porque cada um podia entender, na sua própria língua, o que os seguidores de Jesus estavam dizendo.
A multidão ficou admirada e espantada e todos comentavam:
- Estas pessoas são da Galiléia? Mas como, então, cada um de nós os ouvimos falarem em nossa própria língua? Como podemos entender na nossa própria língua a respeito das grandes coisas que Deus tem feito?
Todos estavam admirados, sem saberem o que pensar, e perguntavam uns aos outros:
- O que será que isso quer dizer?
Mas outros zombavam, dizendo:
- Esse pessoal está bêbado!
Então, Pedro se levantou, junto com os outros onze apóstolos e, em voz bem alta, começou a dizer à multidão:
- Meus amigos judeus e todos vocês, que moram em Jerusalém, prestem atenção e escutem o que eu vou lhes dizer! Estas pessoas não estão bêbadas, tal como vocês estão pensando, pois não são apenas nove da manhã. O que está acontecendo é a mesma coisa que o profeta Joel disse: “é isto o que eu vou fazer nos últimos dias” diz Deus “Derramarei o meu Espírito sobre todas as pessoas. Os filhos e as filhas de vocês anunciaram a minha passagem”.
Pedro continuou:
- Escutem o que vou lhes dizer. Pois, por meio de Jesus, Deus fez milagres, maravilhas e coisas Extraordinárias no meio de vocês. Deus, por sua própria vontade e sabedoria, já havia resolvido que Jesus seria entregue nas mãos de vocês. E vocês mesmos o mataram por mãos de homens maus, que os crucificaram. Mas Deus ressuscitou Jesus, livrando-o do poder da morte, porque não era possível que a morte o dominasse.
Quando ouviram isso, todos ficaram muito aflitos e perguntaram a Pedro aos outros apóstolos:
- Irmãos, o que devemos fazer?
Pedro respondeu:
Arrependam-se, e cada um de vocês seja batizado em nome de Jesus Cristo, para que os seus pecados sejam perdoados, e vocês receberam de Deus o Espírito Santo. Pois, essa promessa é pra vocês, para os seus filhos e para todos os que estão longe, isto é, para todos aquelas que o Senhor, nosso Deus, chamar.
Pedro continuou a dar seu testemunho e, com outras explicações, procurou convencê-los, dizendo:
- Saiam do meio dessa gente má e salvem-se!
Muitos acreditaram na mensagem de Pedro e foram batizados, naquele dia quase três mil se juntaram ao grupo de seguidores de Jesus.
Aplicação: A oração nos faz parecidos com Jesus, sabe por quê? Porque quando nós oramos, Ele mesmo vai nos mudando por dentro. Então, nós mudamos o nosso pensamento, nossas palavras, a nossa maneira de agir com as pessoas e ficamos cada vez mais parecidos com Jesus.
O que significa ser como Jesus?
Ser cheio da vida de Deus - A Bíblia conta que depois que Jesus subiu aos céus, Ele mandou os seus discípulos orarem juntos para receberem “O Espírito Santo de Deus”.
Os discípulos não entendiam muito bem como seria isso, mas obedeceram a Jesus e foram orar.
“Eles foram batizados com o Espírito Santo” e começaram a falar em línguas diferentes. Na verdade, eles ficaram “cheios da vida de Deus!” Eles agora estavam mesmo parecidos com Jesus, pois Jesus era cheio do Espírito Santo. Da mesma forma, Deus quer que você seja também uma pessoa cheia da vida de Deus.
Mas, para ser assim, você precisa orar. Os discípulos de Jesus oraram e se tornaram como Jesus.
Ore também e peça a Deus para enchê-lo com o Espírito Santo.

Hora de conversar
O que aconteceu no dia de pentecostes?
Porque a oração nos faz parecidos com Jesus?
O que as pessoas que estavam que estavam ali diziam?
O que Pedro começou dizer em voz alta?
Qual foi a reação das pessoas ao escutarem o que Pedro disse?

Hora de brincar
Coloque as crianças em pé, em pares, ficando uma de frente para a outra. Determine quais crianças farão o papel de espelho. Explique que uma das crianças será o espelho, isto é todo o gesto que uma fizer o espelho deve imitar. (quem fizer gestos imorais ou agressivos deve sair da brincadeira). As crianças que fizerem direito devem ser elogiadas. Se houver tempo, tempo peça para as crianças mudarem os papeis.
Lição 99 – Quando eu oro, eu faço o que Jesus fez.
Texto bíblico: Pedro fez os mesmos milagres que Jesus (Atos 9.31-42)
Alvo: Mostrar para as crianças que o poder de Deus está em nós.
Versículo a ser decorado: Em verdade, em verdade vos digo que aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço e outras maiores fará. (João 14.12)
Quebra o gelo: (faça a mesma receita da massa de modelar usada em uma das lições)
Peça para cada criança modelar qualquer uma das coisas que Deus fez na Criação (animais, árvores, sol, lua, homem etc.)
Explique que tudo que Deus fez foi usando o poder da Palavra, ou seja, Ele criou o mundo apenas dando ordens como: Que haja luz! E assim ouve luz. Deus deu esse mesmo poder para Seus filhos. Hoje, nós não criamos a luz, porque ela já foi criada, mas criamos soluções para qualquer tipo de problema apenas falando com Jesus, em oração.

Contando a História

Em toda região da Judéia, Galiléia e Samaria, a igreja estava em paz. Ela estava cada vez mais forte, crescia em número de pessoas, com a ajuda do Espírito Santo e mostrava grande respeito pelo Senhor Jesus. Pedro viajava por toda parte. Um dia foi visitar o povo de Deus que morava na cidade de Lida. Encontrou ali um homem chamado Enéias, que era paralítico e fazia oito anos que não saia da cama. Pedro lhe disse: - Enéias, Jesus Cristo já curou você. Levante-se e arrume sua cama. Na mesma hora Enéias se levantou. Então todos os moradores da cidade de Lida e da região de Sarom viram isso e se converteram ao Senhor. Na cidade de Jope havia uma seguidora de Jesus chamada Tabita (este nome em grego é Dorcas). Ele usava todo o seu tempo fazendo o bem e ajudando os pobres. Naqueles dias, Dorcas ficou doente e morreu. Lavaram o seu corpo e depois o puseram num quarto no andar de cima. Jope ficava perto de Lida. Quando os seguidores de Jesus, em Jope, souberam que Pedro estava em Lida, enviaram dois homens para levar o seguinte recado: “Por favor, venha depressa até Jope!” Então Pedro se aprontou e foi com eles. Quando chegou lá, eles o levaram para o quarto de cima. Todas as viúvas ficaram em volta dele, chorando e mostrando os vestidos e as outras roupas que Dorcas havia feito quando ainda vivia. Então Pedro mandou que todos saíssem do quarto e, em seguida, se ajoelhou e orou. Depois voltou-se para o corpo de Dorcas e disse: Tabita, levante-se! Ela abriu os olhos e, quando viu Pedro, sentou-se. Pedro pegou-a pela a mão e a ajudou a ficar de pé. Em seguida, chamou toda a gente da igreja, inclusive as viúvas, e a eles viva. As notícias a respeito disso se espalharam por toda a cidade de Jope, e muitos creram no Senhor.

Aplicação
O que podemos aprender com esta história? Jesus realizou milagres, Pedro também realizou os mesmos milagres! Deus Quer usar você para realizar milagres.

Quais são os segredos para ver o poder de Deus?

A – A Oração! Jesus ensinou esse segredo para Pedro. Pedro orava muito. Pedro ouviu esse ensinamento da boca de Jesus e isso fez muita diferença na vida dele. Jesus também está falando hoje a você. Ele fala através da Sua Palavra.
A Bíblia Sagrada diz o seguinte: Todos os dias, unidos, se reuniam no pátio do templo. (Atos 2.46)

B¬¬- Orar todos os dias. Todos os dias, unidos, se reuniam no pátio do templo. (Atos 2.46) A Bíblia faz questão de dizer que Pedro e os outros amigos de Jesus oravam todos os dias, no templo e na suas casas. Se você orar todos os dias, Deus vai usar você para realizar muitos milagres, assim como Ele usou Pedro.

C- Orar quando temos problemas. Pedro sabia que, em momentos de dificuldades ou diante de situações impossíveis, era só chamar que Ele ouviria. Ele sabia por que andou com Jesus três anos e pôde ver que Jesus ajudava muitas pessoas com problemas sérios. Até mesmo Pedro recebeu de Jesus em situações difíceis da sua vida. Agora que Jesus estava no céu, ele precisava de Pedro para fazer os milagres. Pedro sabia disso, porque uma vez Jesus disse que ele faria os mesmos milagres que Jesus fez até maiores ainda! Por isso, quando Pedro encontrava pessoas com problemas, como a Dorcas, aquela mulher que morreu, ele jamais duvidava do poder de Deus. Mas ele orava com fé! Antes de ressuscitar Dorcas, a Bíblia diz que ele se ajoelhou e orou! Por isso mesmo ele realizou os mesmos milagres de Jesus. Hoje, Jesus quer realizar os mesmos milagres através de você. Mas, para que isso aconteça você precisa orar!

Hora de conversar Quem ora vê o poder de Deus em ação? Quem ora faz o que Jesus fez? O que foi que Pedro fez naquela situação tão difícil? O que você faz ou deve fazer quando vierem situações difíceis na sua vida?

Você já teve algum problema difícil para o qual você orou e pôde ver o poder de Deus se manifestar? Qual foi?

Hora de brincar: Faça uma barreira com um grupo de crianças (segurando pelo braço). As outras crianças, uma a uma, devem tentar atravessar a barreira e passar para o outro lado, mesmo que tenham que desfazê-la para conseguir. O objetivo é furar a barreira e passar por ela. Para isso, é preciso ir correndo contra a barreira do outro grupo. As pessoas da barreira não podem fazer nada, apenas segurar forte e não deixar arrebentar. Depois inverta os grupos de crianças. Moral: A barreira representa a incredulidade que nos impede de viver os milagres de Deus, é preciso romper com barreira da incredulidade.

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Lição 98 Quando oro, eu tenho o que Jesus tem.
Texto bíblico: Marcos 10.46-51
Versículo para memorizar: E tudo quanto pedirdes em oração crendo recebereis. Mateus 21.22
Alvo: Ensinar para as crianças que tudo o que elas pedirem em oração, receberão.
Quebra- gelo: Memória perfeita- A palavra memória tem sete letras. Explique a elas que, para cada letra da palavra memória, será dito algo que Jesus tem e que você pode orar pedindo para ter também. A primeira letra da palavra será sempre umas das letras da palavra memória (em um acróstico).
Peça a elas para fazerem silêncio e se concentrarem, pois você só lerá a lista com as virtudes de Jesus uma única vez. Aquele que conseguir memorizar as sete palavras e escrevê-las em um papel será o primeiro a ser servido com o lanche, no final da reunião. ATENÇÃO! Mansidão
Espírito
Misericórdia
Obediência
Riqueza
Inteligência
Autoridade Talvez você não tenha conseguido se lembrar das setes palavras, mas saiba que Deus age diferente de você. Ele sempre nos ouve e jamais se esquece de nenhum dos nossos pedidos, por isso todo aquele que pede, recebe!

Contando Histórias Jesus e os discípulos chegaram à cidade de Jericó. Quando ele estava saindo da cidade com os discípulos e uma grande multidão, encontrou um cego chamado Bartimeu, filho de Timeu. O cego estava sentado na beira do caminho, pedindo esmola.
Quando ouviu alguém dizer que era Jesus de Nazaré que estava passando, o cego começou a gritar:
- Jesus, filho de Davi, tenha pena de mim!
Muitas pessoas o repreenderam e mandaram que ele calasse a boca, mas ele gritava ainda mais:
- Filho de Davi, tenha pena de mim!
Então, Jesus parou e disse:
- Chamem o cego.
Eles chamaram e lhe disseram:
- Coragem! Levante-se porque Ele está chamando você!
- Então Bartimeu jogou sua capa para o lado, levantou-se depressa e foi até o lugar onde Jesus estava.
- O que e que você quer? – perguntou-lhe Jesus.
- Mestre, eu quero ver de novo! – respondeu ele.
- Vai você está curado porque teve fé! – no mesmo instante, Bartimeu começou a ver de novo e foi seguindo Jesus pelo caminho.

APLICAÇÃO Você deve ter a mesma atitude do homem cego.

A – ele estava no lugar certo. A atitude de algumas crianças, quando não conseguem o que querem, é murmurar (murmurar é o mesmo que reclamar). Essa é uma chave errada, pois ela não nos leva ao tesouro.
Outros ficam emburrados, quando pedem algo a seus pais e não recebem. Essa chave também não funciona, pois ela não nos leva ao tesouro.
A única chave que funciona para você ter o que você quer é a oração!
A oração é um lugar, pois é a onde nos encontramos com Jesus, assim como o cego O encontrou.
Toda vez que você for orar, lembre-se de que você está indo ter um encontro com Jesus.
Tenha um lugar para orar. Pode ser o seu quarto, ou em outro lugar onde você possa ficar sozinho para falar com Jesus.

B – Ele gritou por Jesus. Peça em nome de Jesus! Quando você for orar, ore a Jesus Cristo, ele é o único que pode dar o que você precisa. Algumas pessoas costumam orar a outras pessoas, que eles chamam de santos, mas a Bíblia diz que só Jesus Cristo é Deus! E, somente Ele pode responder as nossas orações.
Por isso, ore no nome de Jesus e sua oração será respondida. Porquanto há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem. (1 Tm. 2.5)

C – Ele falou o que queria. Fale aquilo que você quer ter! Você deve falar exatamente aquilo que você quer ter. A história do cego Bartimeu nos ensina o quanto é importante falar aquilo que queremos. Jesus sabia que aquele homem era cego, mas mesmo assim lhe perguntou o que queria.
Jesus estava nos ensinando uma lição importante: Quando formos pedir alguma coisa, devemos orar a Ele, pedindo exatamente aquilo que queremos receber!

HORA DE CONVERSAR Você acha que é importante ficar sozinho para orar?
Quando você ora, onde você costuma ficar?
Por que devemos pedir somente em nome de Jesus e não em outro nome?
Quando você pede alguma coisa para alguém, você espera que essa pessoa adivinhe o que você quer, ou você fala o que deseja?
Por que Jesus perguntou ao cego o que ele queria?
Vamos lembrar o que aprendemos com o cego Bartimeu? (fale e peça para eles repetirem os três pontos da aplicação).
Obs. Falar o versículo de cor!

Hora de brincar: Brincadeira a escolha do líder.
Lição 97 Orai comigo
Texto bíblico: Mateus 26
Versículo para decorar: Perseverai na oração, vigiando com ações de graça. (Colossenses 4.2)
Alvo: Ensinar para a criança que para Deus é importante o tempo gasto em oração.
Quebra-gelo: Pergunte às crianças se elas têm amigos que quando estão ao lado deles não vêem o tempo passar e por que? (resposta pessoal)
Moral: Para Deus, o tempo que você passa falando com Ele é tão importante que é como se Ele não visse o tempo passar. Quanto tempo você passa falando com o seu amigo especial?
ContandoHistória (Leia o texto na Bíblia)
Um dia Jesus levou seus amigos para orar sozinho. Quando Ele voltou, sabe o que aconteceu? Os seus amigos estavam dormindo! Então Jesus lhe perguntou:
- Puxa vida, nem uma hora vocês podem vigiar comigo?
Eles entenderam que se não orassem, não poderiam ser como Jesus, Vejamos esta história: Jesus foi com os discípulos para um lugar chamado Getsêmani e lhes disse:
- Sentem- se aqui, enquanto eu vou ali orar. Então Jesus foi levando consigo Pedro e os dois filhos de Zebedeu. Ali, então, Ele começou a sentir uma grande tristeza e aflição e disse a eles:
- A tristeza que estou sentindo é tão grande, que é capaz de me matar. Fiquem aqui vigiando comigo.
Ele foi um pouco adiante, ajoelhou-se, encostou o rosto no chão e orou:
- Meu pai, se é possível, afasta de mim esse cálice de sofrimento! Porém que não seja feito o que eu quero, mas o que Tu queres.
Depois, voltou e encontrou os três discípulos dormindo. Então, Jesus disse a Pedro:
- Será que vocês não podem vigiar comigo nem uma hora?
Aplicação: Para Deus é muito importante o tempo gasto com oração. Depois disso, eles oravam todos os dias e fizeram milagres tão grandes quanto os que Jesus fez. Naquele dia, Jesus pediu para que os seus amigos orassem por uma hora, porque Jesus já havia orado durante este mesmo período por três vezes. Jesus queria que os seus amigos orassem como Ele orou, porque a oração nos aproxima de Deus.
Você gostaria de conversar com o seu amigo todos os dias?
O nosso amigo é sempre aquele que conversamos mais não é? Com Deus não é diferente. Para ser amigo de Deus também é preciso conversar muito com Ele. A oração é o meio de falar com Deus todos os dias e a qualquer hora. Você pode começar orando quinze minutos, pois esse tempo será de grande valor para Deus. Quando oramos muitas coisas acontecem, até aquelas mais impossíveis. Depois que os amigos de Jesus começaram a orar todos os dias, Deus começou a usá-los muito mais. Deus quer usar você para abençoar outras pessoas, mas isso só acontecerá se você orar.
Obs.: Estimule a criança há orarem 15 minutos por dia.
Hora de conversar Qual foi a instrução que Jesus deu para os discípulos?
Por que Jesus insistiu com os discípulos para orar?
O que aconteceu quando Jesus voltou para junto dos discípulos?
Qual foi a oração de Jesus?
Você acha que para Deus o tempo de oração é importante? Por quê?
Por que você gosta de conversar com o seu amigo?
Você conversa com Jesus todos os dias, ou só se, lembra dEle quando tem problemas?
Quanto tempo você vai dedicar em oração para falar com Deus?

Hora de brincar
Brincadeira: Estátua
Moral: Da mesma forma que o tempo que você permanece como estatua é importante para fazê-lo ganhar a brincadeira, também é importante o tempo que você permanece na presença de Deus, em oração. Saiba que, mesmo em situações contrárias, Ele fará de você um vencedor!