Andressa

quinta-feira, 7 de julho de 2011

JUVENIS- LIÇÃO 23 - AUTORIDADE ESPIRITUAL PARTE- 2

JUVENIS- LIÇÃO 23 - AUTORIDADE ESPIRITUAL PARTE- 2

Texto bíblico: "Todo homem esteja sujeito ás autoridades superiores; porque não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por Ele estabelecida." Rm 13.1

Alvo: Ensinar quem são as autoridades que Deus estabeleceu sobre as nossas vidas e que devemos nos submeter a elas.

PALAVRA RADICAL

Introdução: Na semana passada aprendemos que todas as vezes que nos submetemos às autoridades levantadas por Deus estamos agradando o coração do Senhor. Hoje iremos aprender quem são essas autoridades e as bênçãos da submissão.

Deus Delega Autoridades em Todas as Áreas da Vida:
Civil: Governantes, Juizes, Policiais, Professores, Médicos, Rm 13.1-3.
Trabalho: Chefes e patrões. Ef 6.5-6; Tt 2.9-10; 1 Tm 6.1-2.
Família: Pais ou responsáveis. Ef 5.22-24; 6.1-4.
Igreja: Pastores, discipuladores, lideres e outros. 1Co 12.28; Hb. 13:7,17
Todo discípulo do Senhor, onde estiver, procura saber quem é a autoridade, para a ela se submeter.


Quem são as Autoridades Delegadas na Igreja
Deus é quem chama homens e mulheres e os capacita para exercerem uma função específica em seu Reino. Deus levantou profetas, sacerdotes e reis no passado para guiar seu povo, Deus estabeleceu sua liderança para a igreja (Ef 4:11). Esta liderança é dada por Deus para o bom andamento de sua obra.

Cristo: é a maior autoridade dentro da igreja, pois Ele é o cabeça. Efésios 5:22 “E sujeitou todas as coisas debaixo dos seus pés, e sobre todas as coisas o constituiu como cabeça da igreja.

Em nossa igreja temos a visão que Deus ergue pessoas como autoridade fazendo delas:

Pastores: Têm a responsabilidade de conduzir, pastorear as ovelhas de Cristo de um modo geral, sendo responsável pela igreja.

Discipuladores: Tem a responsabilidade de cuidar dos lideres de célula.

Lideres: Tem a responsabilidade de cuidar das vidas que estão na célula.

A autoridade espiritual deve ser obedecida As pessoas querem ouvir a Escritura, e até querem receber a oração, no entanto, não aceitam a autoridade dessas pessoas em suas vidas particulares. A recomendação da Palavra aos Hebreus é que lideres devem ser obedecidos, pois a responsabilidade dele é cuidar de suas vidas (Hb 13:25). O pecado de desobediência gera morte. Aqueles que entram por este caminho são mal sucedidos (Sl 78:8).

Qual é o Propósito da Autoridade na Igreja?
A autoridade está para ensinar, educar na justiça, instar, aconselhar, ordenar, corrigir, consolar, repreender, disciplinar, animar e abençoar.
Precisamos de guias que nos levem pelas mãos, para que não fiquemos no caminho, sem atingirmos o alvo. "Ide, fazei discípulos…" (Mt 28.19-20

Você já ouviu falar do Super-Espiritual?
É aquele que aparenta ser espiritual e temer a Deus, mas esconde uma grande rebelião. O super-espiritual costuma dizer: "Eu só obedeço a Cristo. Não estou sujeito a nenhum homem!" Toda vez que se diz "Deus, quero te obedecer", o Senhor responde: "Ótimo! Então, obedeça o teu pai, teu pastor, teu líder!" Aí o super-espiritual declara: "Não, eu só obedeço ao Senhor, a ninguém mais. Só obedeço o que tu me falares pessoalmente!" E, o Pai, responde com toda firmeza: "Mas o meu desejo é que me obedeças através deles". Existem juvenis que não obedecem aos pais e nenhuma autoridade sobre a sua vida, são completamente rebeldes e ainda assim querem ser abençoados por Deus. Regularmente escutamos esta resposta: "você não sabe como é meu pai, meu pai é incrédulo, meu líder pega no meu pé, e assim por diante…" É inadmissível declarar obediência a Deus e não às autoridades por Ele delegadas. Sempre que obedecemos às autoridades delegadas estamos submissos a Deus, estamos agradando ao Pai. Obedecer somente quando se concorda não é espírito de submissão. É rebeldia e independência. Concordando ou não com a ordem, devemos obedecer de coração.

As bênçãos que desfrutamos quando nos submetemos.
Quando vivemos o princípio de submissão às autoridades delegadas por Deus, podemos desfrutar dos benefícios.
alguns benefícios: Ter direção (Pv 15:22), ser pastoreado (Hb 13:25); receber a palavra de Deus (At 20:21), ser abençoado por Deus. Muitas vezes não somos abençoados porque não nos submetos as pessoas que Deus ergueu como autoridade sobre nossas vidas. Não pense que o seu pastor, discipulador, líder está pegando no seu pé, que ele é chato e quer o seu mal, pelo contrário como autoridade sobre a sua vida ele tem a responsabilidade de ensiná-lo e conduzi-lo no caminho do Senhor.

Conclusão: Submissão é prestar obediência a uma autoridade delegada. É exteriorizar um espírito submisso, mesmo quando ninguém está por perto. É renunciar à opinião própria quando se opõe à orientação daqueles que exercem autoridade sobre nós. O princípio da autoridade deve ser respeitado e vivido, pois é um princípio de Deus que, praticado, é uma bênção. Deus quer uma família de muitos filhos semelhantes a Jesus, por isso nos coloca o seu princípio de Autoridade e Submissão. Al"Todo homem esteja sujeito ás autoridades superiores; porque não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por ele instituídas." Rm 13.1.

Compartilhando na célula: Você é submisso as autoridades delegadas por Deus?

Nenhum comentário:

Postar um comentário